A Ciência da Guerra: Epistemologia e Progresso nos Estudos Estratégicos

Érico Esteves Duarte, Flávio Pedroso Mendes

Resumo


Propõe-se a aderência do campo dos Estudos Estratégicos à Metodologia dos Programas de Pesquisa Científica de Imre Lakatos como forma de prover rigor e cientificidade ao estudo do fenômeno bélico. Apresenta-se como o Programa Clausewitziano atende aos requisitos da rigorosa epistemologia lakatosiana, delimitando o seu núcleo duro, o seu cinturão protetor de hipóteses auxiliares e suas orientações heurísticas. Conclui-se com uma breve ilustração da força heurística e da progressividade do Programa Clausewitziano, a partir das contribuições de Julian S. Corbett, e com um exemplo de mudança teórica interprogramática, a partir da proposta de Michael Handel

Palavras-chave


Lakatos; Clausewitz; Estudos Estratégicos; Progresso científico

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26792/rbed.v2n2.2015.61742

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES