Fronteira Brasil – Bolívia em Mato Grosso: segurança pública, desenvolvimento social e a construção da identidade nacional

Daniel Alemeida de Macedo

Resumo


O presente texto aborda as políticas de segurança pública e defesa nacional na fronteira Brasil – Bolívia em Mato Grosso, correlacionando‑as com as políticas de desenvolvimento vigentes (ou ausentes) na região e destaca sua importância para a construção do sentimento de identidade nacional. O texto corrobora o entendimento segundo o qual a estratégia nacional de proteção das fronteiras é inseparável da estratégia de desenvolvimento, e que a “via inversa” da valorização das potencialidades regionais tem o condão de reduzir a insegurança das populações locais diante da ameaça que representa o crime organizado.


Palavras-chave


Fronteira; desenvolvimento; segurança pública; identidade nacional

Texto completo:

PDF

Referências


ABIEC - Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne. Perfil da Pecuária no Brasil - Relatório Anual 2016. http://www.abiec.com.br/ Acesso em 11.10.2016.

Amarilha, Carlos Magno Mieres. (2006) Os Intelectuais e o Poder: História, Divisionismo e Identidade em Mato Grosso do Sul. Dissertação de Mestrado em História. Dourados: Ed. UFGD.

Anderson, Benedict R. (1989). Nação e Consciência Nacional. São Paulo: Ática.

_______. (1991). Imagined communities: reflections on the origin and spread of nationalism (Revised and extended. ed.). 2.a ed.: [S.l.].

Assembleia Legislativa de Mato Grosso. 2016. A Fronteira Brasil‑Bolívia no Mato Grosso – 2016. Cuiabá: ALMT

Beltrame, José Mariano. Veja acompanha terror no Rio. Entrevista à Revista Veja. São Paulo, 31 de Nov. 2010. Disponível em: http://www.dpf.gov.br/servicos/viagens-ao-exterior/postos-de-fiscalizacao-do-trafego-internacional-terrestre.

Acesso em 01.06. 2016.

Brasil. 2009. Faixa de Fronteira. Programa de Promoção do Desenvolvimento da Faixa de Fronteira – PDFF. Brasília: SPR – Secretaria de Programas Regionais/Ministério de Integração Nacional.

______. 2011. Decreto n° 7496, de 08 de junho de 2011. Disponível em: . Acesso em: 16 jun. 2017.

______. 2012. Ministério da Defesa. Operações Interagências. MD33‑M‑12. Brasília: Ministério da Defesa

BRASIL (2016 A). Metodologias de funcionamento e estruturação de unidades especializadas de fronteira: Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (ENAFRON). Orgs. Alex Jorge, et. al. Brasília: Ministério da Justiça e Cidadania, Secretaria Nacional de Segurança Pública.

BRASIL (2016 B). Lei Complementar n° 136, de 25 de agosto de 2010. Disponível em: http://www2.planalto.gov.br/acervo/legislacao

Acesso em 16.06.2017.

Cassol, Naiane Inez (2015) Tráfico Internacional de Armas na Fronteira Brasil/Bolívia: Dinâmicas de Insegurança Regional e o Posicionamento Brasileiro. Dissertação de Mestrado. Florianópolis: Ed. UFSC.

Castro, I. E (1995) O problema da escala. In: CASTRO I. E.; GOMES, P. C.; CORRÊA, R. L. (org.). Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Chauí, Marilena (2006). Brasil: mito fundador e sociedade autoritária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo.

Couto e Silva, Golbery (1981). Conjuntura política nacional: o poder executivo & Geopolítica do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio.

CPI do Tráfico de Armas. Relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito Destinada a Investigar as Organizações Criminosas do Tráfico de Armas. Projeto de Resolução n° 189 de 2005. Câmara dos Deputados. Novembro de 2006.

Da Costa, Eduardo José Monteiro. 2010. Arranjos Produtivos, Locais, Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional. IDESP – Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará. Brasília: Mais Gráfica Editora

Dorfman, Adriana. (2013) A condição fronteiriça diante da securitização das fronteiras do Brasil: In: NASCIMENTO, Durbens Martins; PORTO, Jadson Rebelo. Fronteiras em perspectiva comparada e temas de defesa da Amazônia. Belém: Ed. UFPA.

Fagundes, Flávia Carolina de Resende e RÜCKERT, Aldomar Arnaldo (2014). Entendendo a segurança fronteiriça, uma abordagem multiescalar: o caso da tríplice fronteira Brasil-Argentina-Paraguai. Anais do 1° CONGEO. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Ed. Gávea.

FORÇA AÉREA BRASILEIRA. Operação Ágata: Plano Estratégico de Fronteira. Brasília, 2013.

Disponível em: http://www.fab.mil.br/portal. Acesso em 02.12. 2016.

Macedo, Daniel Almeida de. 2016. Cáceres e o Exterior. Jornal A Gazeta, 11 de abril de 2016. Disponível em:. Acesso em: 10 jun. 2016

Mato Grosso. Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública. 2017. Missão do GEFRON. Disponível em: . Acesso em: 6 jun. 2017.

Meneses, Paulo Hernandes Rodrigues 2010. A Atuação do GEFRON na

Fiscalização do Tráfico de Drogas na Fronteira de Mato Grosso. Revista Homens do Mato, 6, 106‑121, jan./jun.

Ministério da Defesa. 2017. Exercícios e Operações Militares. Disponível em: . Acesso em: 15 jun. 2017.

Naín, Moises 2006. Ilícito ‑ o Ataque da Pirataria, da Lavagem de Dinheiro e do Tráfico à Economia Global. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Neves, Alex Jorge das et al. 2016. Segurança Pública nas Fronteiras, Sumário Executivo: Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (ENAFRON). Brasília: Ministério da Justiça e Cidadania/Ed. Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Polícia Federal. 2012. PF Apresenta Balanço de um Ano da Operação Sentinela. Brasília: Departamento da Polícia Federal, 2012. Disponível em: .Acesso em: 14 nov. 2013.

Racine, Jean Baptiste; Raffestin, Claude; Ruffy, Victor. 1993. Escala e Ação: Contribuições para uma Interpretação do Mecanismo de Escala na Prática da Geografia. Revista Brasileira de Geografia, Rio de Janeiro, 45, 1, 123‑135, jan. /mar.

Raza, Salvador. 2014. Proposição de um Sistema de Segurança de Fronteiras Brasileiras: um Esforço para Transformar o Desenho da Força. In: Nasser, Reginaldo Mattar; Moraes, Rodrigo Fracalossi de. O Brasil e a Segurança no seu Entorno Estratégico. Brasília: IPEA.

Renan, Ernst. 1997. O que é uma Nação? Tradução de Gabriel Titan Jr. Revista de Ciências Sociais, São Paulo, 4, 1.

Rückert, Aldomar. 2013. Políticas Territoriais, Crise Europeia e Fronteiras:

Perspectivas Comparadas entre a União Européia e o Brasil. In: Nascimento, Durbens Martins; Porto, Jadson Rebelo. Fronteiras em Perspectiva Comparada e Temas de Defesa da Amazônia. Belém: Ed. UFPA.

Steiman, Rebeca. 1995. O Mapa da Droga. Monografia, Departamento de

Geografia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Turner, Frederick Jackson. 1999. The Significance of the Frontier in American History. Rereading Frederick Turner. New Heaven; Londres: Yale University Press.

Vaz, Alcides. Costa.; Cortinhas, Juliano. 2013. Las Políticas Brasileñas de Defensa y Seguridad en 2012‑2013: una Trayectoria Tortuosa y Paradójica. In: Mathieu, Hans;Guarnizo, Catalina Niño. (Ed.). Anuario 2013 de la Seguridad Regional en la América Latina y el Caribe. Bogotá: Friedrich Ebert Stiftung.

Wegner, Robert. 2000. A Conquista do Oeste. A Fronteira na Obra de Sérgio Buarque de Holanda. Belo Horizonte: Ed. UFMG.

World Bank. 2016. Stop the Violence in Latin America: a Look at Prevention from Cradle to Adulthood. Organized by Laura Chioda. Washington: WB.




DOI: http://dx.doi.org/10.26792/rbed.v4n2.2017.74161

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES